domingo, 3 de agosto de 2014

O Templo de Salomão

Por Dom Henrique Soares
Só mais uma coisa sobre esse “Templo de Salomão”:
Quando escrevi sobre isto não é porque esteja minimamente preocupado com sua existência ou inauguração! É simplesmente para esclarecer sua total falta de sentido, seu grosseiro erro bíblico e teológico, coisa de quem não compreende absolutamente nada de cristianismo e de Sagrada Escritura.
Seria um erro triste que os católicos se preocupassem com coisas assim ou, pior ainda, sintam alguma “dor de cotovelo” por esse edifício ser maior que a Basílica de Aparecida! Isto seria ridículo! Não se mede a verdade da fé pelas dimensões de edificações! O Reino dos Céus manifesta-se nas coisas pequenas: como um grão de mostarda, como uma semente semeada na terra, como um tiquinho de fermento levedando a massa, como o trigo plantado no campo do mundo, como um tesouro escondido, como um pérola de grande valor um dia encontrada, como uma rede lançada ao mar e pacientemente puxada até a praia do Dia de Cristo…
Nisto se manifesta o Reino: no que é pequeno, no que aos olhos do mundo é fraco e sem importância, no que parece não contar! Por favor, católicos: deixem de lado para sempre o complexo de cristandade, a ilusão de que um dia todo o mundo será cristão, o gosto pelas coisas grandes, a auto-afirmação baseada em outra realidade que não a cruz de nosso Senhor Jesus Cristo!
Como eu gostaria que nunca perdêssemos de vista o essencial: Cristo, nosso Deus, imolado e ressuscitado, anunciado nas Escrituras Sagradas, celebrado nos sacramentos, oferecido em sacrifício e dado em comunhão para a vida nossa e do mundo inteiro.
Por favor: não confundam a glória do Senhor com a nossa glória nem a grandeza do Senhor com nossas manias de grandeza e saudades de um sistema de cristandade que nunca mais voltará e que em nada é essencial ao cristianismo!
Texto publicado no facebook e transcrito em: http://fidespress.com/brasil/o-templo-de-salomao-por-dom-henrique-soares/